Dans les rues de Paris

Se tu me perguntas ‘O que mais gostou na querida cidade-luz?’, posso com toda certeza dizer a dinâmica encontrada nas ruas e nos diferentes bairros, cada um com seu espaço típico, marcante; o encanto de cada esquina, cada floricultura, cada sebo e cada artista á beira do Sena.

pé de felicidade amarela

Alegria de chegar no quintal e se deparar um enoooorme pé de carambolas super carregado! Que sorte!

Hola, 

Ual, quanto tempo não escrevo aqui! Então, tô fazendo práticas aqui em Vigo, na Universidade de Vigo num laboratório de Neurociência =) O estágio será por dois meses, junho e julho, mas eu só volto pro Brasil fim de agosto. Ehhh =) todos curte =P

       

O estágio não foi difícil de conseguir. Resolvi falar com esse prof porque ele já me ministrava aulas de Fisiopatologia. Fui lá, expliquei o processo do CsF, que queria um estágio com ele, mas que não sabia muita coisa da área e que gostaria de tentar trabalhar ali. Ele aceitou no mesmo instante e assim eu começaria a trabalhar em duas semanas =)

O lab onde eu trabalho tem pouca gente (não é tanto como no lab que eu trabalhava no Brasil não. Tinha bastante gente, mais conversa, mais animação etc. Era bom). Aqui eu acompanho uma doutoranda, a Paula, fala pouco, mas me dá toda liberdade pra perguntar se tenho dúvidas (muitas).

Meu professor do lab, José Antonio Lamas Castro, é coordenador da pós-graduação em Neurociência na UVigo, professor de Fisiopatología para o curso de Biologia e também professor do curso de Ciências do Mar. Falo pouco com ele, por enquanto (acho que é assim com a maioria dos profs, sem muito contato). Ele e sua equipe trabalham com excitabilidade em neurônios do gânglio cervical superior (sistema simpático) de ratos e camundongos em cultivo e com isso pretendem analisar ​​os mecanismos de geração e manutenção do potencial de membrana, os fenômenos de adaptação e as correntes iônicas envolvidos. Por fim tem aplicação em técnicas para ajudar no controle do mau de Alzheimer.

Por enquanto não faço muita coisa no lab não. Tô na fase de observar, ler, observar, ler, observar, ler infinitamente etc… A gente faz basicamente a mesma coisa toda manhã: prepara soluções, mata o animal, retira o gânglio, prepara as células com as soluções e por fim faz as análises em microscópio e programas de computador.

Então, ainda é aquela fase meio chatinha de fazer quase nada. Espero que melhore daqui pra frente. Enquanto isso tô lendo alguns capítulos do livro Principles of Neural Sciences e um outro livro que explica a técnica (Patch Clamp) utilizada em todo essa análise final: Patch Clamping: an introductory guide to Patch Clamp Electrophysiology.

Que tudo dê certo até o fim! Suerte!

obs: Aqui tem a Web de Neurociência da UVigo: http://webs.uvigo.es/neurociencia/

E aqui tem uns vídeos do prof na TV da UVigo falando sobre sistema nervoso, células… neurociência em geral: http://tv.uvigo.es/es/serial/437.html

Faço uma dessa?

(via por-la-calle-deactivated2014010)

"…quando vem a solidão vou buscar abrigo no seu coração"

image

Recordar do que um dia já foi recordado e pra um sempre ser recordado.

.

Chorar noites de pranto;

Me levar pra escola de moto:

Ser minha professora;

Me obrigar a comer beterraba, (tem muito ferro!)

Sentir o abraço em noites de chuva e de frio

Não dorme de barriga pra cima, tá relampejando!

Mããããe… gritar quando criança porque tem alguma coisa no escuro;

Por cuidar de minha enxaqueca e de minha dor de barrica, meu dente, meu machucado…

Por me levar pra cortar cabelo;

Compra aquele sapato pra mim?

Mãe, posso ir em tal lugar?

Ela tá me provocando. Manda ela parar.

Preciso de dinheiro pra comprar lanche na escola. Me dá?

Pega na carteira.

Mãe, tô com fome!

Vem me visitar em Viçosa?

Vecê tá comendo direito? Compra legumes e carne;

Hoje vou numa festa. Te ligo amanhã.

Manda um abraço pra fulano de tal, to com saudades dele.

Me liga todo dia

Já escovou os dentes? Aproveita e vai tomar banho.

E as provas da faculdade?

Plantei couve e alface que você gosta. Me ajuda a mexer na horta quando você vier fim de semana?

Vamos comer na casa de sua vó no domingo;

Comprei esse roupa no condicional. Acha que posso comprar? Tá boa em mim?

Vamos fazer compras?

Fulano de tal te mandou um beijo;

Fiz a comida que você gosta.

Que dia você vem me visitar?

Éhhh, Rosa de Lima!

"quando eu crescer vou estudar em Viçosa" 

Seu irmão diz que agora quer estudar na Espanha igual a você;

Espanha

Aqui é lindo mãe. tem isso, aquilo…

8 meses!

Tudo bem aí?

Você realmente quer? Então sim =)

Mãe, cheguei!

Quero ver vocês.

Nossa já passaram mais de 8 meses.

Falta só alguns meses, mãe.

Seu irmãozinho ainda diz que quer estudar na Espanha.

Sua tia veio aqui em casa me visitar.

Amanhã eu te ligo. Seu irmão não para quieto. Me deixa louca.

Vou viajar pra Alemanha esse fim de semana, mãe.

Mãe, to com saudades!

 

ter saudade e deixar saudade;

compartilhar o coração.

 

Te amo, D. Mãe.

- Tales Mendes

 

 

 

 

 

Quem disse que a infância é a melhor fase da vida é porque nunca foi intercambista.

Você sabe como o sorvete surgiu na Itália? Não? Então vejamos:

O boom do sorvete na Itália aconteceu durante o Renascimento século XVI), com nomes importantes que marcaram a história.

O primeiro deles foi Ruggeri. Ele se apresentou a um concurso entre os melhores chefs da Toscana organizado pela Corte dos Médicis, com o tema “o prato mais diferente que você já viu”. Ruggeri decidiu participar da competição, preparando uma sobremesa gelada através de uma receitas quase esquecida: o seu “sorbetto”. Esta conquistou a todos os juízes e sua receita rapidamente se tornou muito popular em toda a região, e muito solicitada.

Até mesmo Catherine Médici, ao partir em viagem que a tornaria esposa do futuro rei da França, duque Henri d’Orleans, queria levar consigo Ruggeri, a quem considerava o único chefe capaz de humilhar os franceses. O levou então a Marselha, e, durante o banquete de casamento, Ruggeri fez conhecer aos ricos franceses o seu famoso sorvete, cuja receita era “gelo de água açucarada e perfumada”.

Foi em 1533, quando o renomado chef de pastelaria começou a dar asas à sua imaginação culinária, criando miniaturas e novas formas de sorvete, ele tornou-se rapidamente odiado por todos os cozinheiros de Paris por sua maestria. A esse ponto, os cozinheiros de Catarina de Médici tiveram a sorte de poder difundir o creme por toda a França.

Também em Florença, nos no século XVI, o famoso escultor, arquiteto e pintor Bernardo Buontalenti, que tinha uma paixão pela cozinha, foi incumbido de preparar banquetes suntuosos para os clientes italianos e estrangeiros, onde teve a oportunidade de apresentar suas fabulosas sobremesas congeladas, produzidas de elaborações pessoais e, de longe, muito superiores aos até então produzidos.

Estas saborosas sobremesas foram feitas com gemada e frutas, e teve um sucesso retumbante, dando origem ao famoso “creme florentino” ou “sorvete Buontalenti” que ainda hoje se pode desfrutar de todos em todas as melhores sorveterias, sobretudo em Florença.

Extraido de “Scienza e tecnologia del gelato artigianale” de Luca Caviezel – editora Chiriotti [editado]

Então, pronto pra experimentar um famoso creme florentino? Não deixe de provar. Prove uma, duas, três vezes. Esqueça sua dieta e se delicie. Não há sorvete melhor! É super bem apresentado. Você come com os olhos!

E aí você pergunta: Onde comprar? Como eu fui uma vez somente em Firenze não tenho uma sorveteria específica pra indicar, mas tenho certeza que você vai encontrar uma. Há várias por toda a cidade, motivo esse que me fez provar muiiitas vezes! =P Olha, não é pra engordar só de olhar?

Tem como ficar melhor?

Sim, tem! Você quer conhecer melhor toda essa história do sorvete, os segredos, saborear os mais diversos sabores desses cremes artesanais, participar de um grande evento? Então não deixe de participar do festival do sorvete de Firenze, o Gelato Festival, esse ano ele acontece entre os dias 13 e 26 de maio. Não perca Mais informações em: Gelato Festival 2013.

Se lambuza! hahaha

Tenho certeza que a Itália é um dos melhores lugares pra comer nesse mundo. Não dá pra resistir aos sabores desse país. Uma bela Pasta com tomates frescos, pizzas, diversos preparos de carnes assadas, um spaghetti ao molho pesto, risotos. Hummm… e tudo isso acompanhado de um vinho tinto. Não tem como negar que tudo isso agrada o paladar e também aos olhos.

Minha dica de restaurante em Firenze. Bem localizado e muito bom.

       image

Ristorante Alla Griglia

Via Dei Banchi 25/R, 50100 
Firenze, Italia
Tel: 055290314
                            
Localizado no principal caminho entre a Piazza Maria Novella e a Duomo di Firenze. Com faixada atraente e ambiente super aconchegante, bem decorado e com bom atendimento. Preços são bons. Peça o menu do dia que contém entrada, prato principal, bebida e sobremesa. 
.
image

image

Aberto todos os dias de 12h-15h30 / 18h30-23h30. Aceitam cartões. Sinal Wi-Fi livre.
Buon Appetito!

A Basílica de Santa Maria Novella é uma igreja contruída em 1049 no lugar onde se encontrava o pequeno oratório de Santa Maria delle Vigne do século IX. Ficou completa em meados do século XIII, mas a nova igreja só foi consagrada, pelo papa Eugênio IV, em 1420. Apresenta trabalhos de artistas como Filippo BrunelleschiDomenico Ghirlandaio,  Masaccio e Giorgio Vasari, arquiteto de uma reforma entre 1556 e 1571.

O Museu Santa Maria Novella inclui três ‘Monumental Cloisters’ (Green Cloister, Cloister of the Dead e o Great Cloister), o Refectory, a Spanish Chapel e a Basílica Santa Maria Novella.

Eu visitei o Green Cloister, o Cloister of the Dead, o Refectory e a Spanish Chapel (entrada pela Piazza della Stazione). Paguei 5 euros pela entrada. Para visitar a Basílica e suas significantes obras de artes e o Great Cloister (entrada pela Piazza Maria Novella) deve-se verificar disponibilidade e comprar outro ticket, que pode ser comprado na saída dessa primeira parte do museu.

Como não visitei a Basílica, vou descrever aqui somente minha minha visita a essa dita parte do museu. Mais informações no fim do post.

.

  • Green Cloister 

O Green Cloister apresenta obras de arte de Paolo Uccello que representam o Antigo Testamento datadas de meados do século 15 no estilo românico-gótico. Apresenta trabalho como ‘A criação de Adão’, ‘A criação de Eva’ e o ‘Sacrifício de Noé’.

image

image

Criação de Adão e dos animais

.

  • Cloister of the Death

Recebe esse nome porque foi local de um cemitério da família Strozzi. Decorado com trabalhos datados do fim do século 14.

image

image

 .

  • Spanish Chapel

Leva esse nome pois era lugar para reuniões dos seguidores de Eleonora de Toledo, duquesa de Florença em 1539. Essa capela apresenta trabalhos baseados na Ordem Dominicana, esta uma das mais importante obras de Andrea di Bonaiuto (1365-67).

image

image

.

  • Refectory

Em tempos antigos, foi refeitório do Convento de Santa Maria Novella. Desde 1983, o refeitório foi usado como um museu e como um lar para obras de arte e de alfaias sagradas provenientes de diferentes áreas do vasto complexo de Santa Maria Novella.

image

Madonna in trono col Bambino e i santi Pietro, Giovanni Battista, Nicola e Domenico (Bernardo Daddi)

image

Vestimentas de San Domenico

.

  • Visitas: 

Horário: Domingos - Feriados: 09h00 ás 14:00 e Dias úteis - 09h00 - 17:00. Fechado: sexta-feira e domingo. Ingressos: 2,70 euros. As bilheterias fecham 30 min antes do fechamento do museu.

Não deixe de conhecer o Museu Santa Maria Novella! Os trabalhos mais fascinantes encontrei na Spanish Chapel. Recomendo a visita.

Volver a las 8 es el correcto.Y me gusta! Buenos días, Vigo! Que genial la noche de hoy. Más una con buenísimos recuerdos. Esta es la vida que me voy a extrañar un montón cuando volver a Brasil =( 

Te quiero, Vigo! 

image

image

image

(Avenida de Policarpo Sanz)

“On ne voit bien qu’avec le coeur. L’essentiel est invisible pour les yeux” - Antoine de Saint-Exupéry (Le Petit Prince)

Resolvi fazer a tatuagem. Criei coragem e fiz. Primeiro me faltava o dinheiro, depois um pouquinho de incentivo. E isso eu tive aos montes… Alyne, Carol, Juliana, Jamiel, Ricardo, Regis e mais um turma.

Segunda-feira fui ao tatuador e fiz o orçamento: uns 80-90€. Topei. Achei que poderia pagar, mas não confirmei nada até o momento. Peguei o telefone do lugar e disse que voltaria ou ligaria. Voltei e voltei decidido a fazer a tatoo. Marquei pro sábado, 18h. No dia fiquei um pouco apreensivo. E meu medo era de não ficar como eu gostaria. Mas enfim, já estava decidido.

Doeu? Demorou? Doeu um pouco, na verdade queimou. Enquando escrevia a frase me incomodou mais. Colorir o desenho foi a parte mais rápida e menos dolorida. Demorou mais ou menos 1h30. O suficiente pra eu ficar incomodado e querer que aquilo acabasse logo.

E mais incomodado do que eu estava a Alyne (só uma pessoa podia entrar no studio comigo) que não parava quieta hehehe =P Nesses loooongos minutos morri de curiosidade, ansiedade e quis um pouquinho dizer pro tatuador pegar mais leve HAHAHA.

Vamos acompanhar:

          image

image

image

image

image

"On ne voit bien qu’avec le coeur. L’essentiel est invisible pour les yeux" - Antoine de Saint-Exupéry (Le Petit Prince)

image

Esse foi o resultado final. Gostei bastante. No momento tô usando pomada cicatrizante 3x ao dia. Tá começando a descascar um pouco e creio que em um mês depois de tatuado já esteja a pele com uma aparência melhor.

Depois que fiz a tatuagem não poderia beber álcool em menos de 24h (coisa que não fiz =X, foi num sábado né, gente?!), não posso me expor ao sol, ou seja, nada de praias ou afins… mínimo um mês.

Essa foi minha maluquice aqui na Espanha. Me gustó! =P

Hasta la próxima, chicos!

Nous ne sommes ni plus ni moins que vous. Nous sommes autant que vous.
Frase do meu dia =) 

Aqui vamos ‘one more time’ com meus desejos: fazer umas tatuagens. Primeiro, eu tô rico e ainda assim não tô (anyway, obrigado CNPq) e queria fazer uma ou outra tatuagem. Aí vão minhas ideias (sem acento pfvr):

.LE PETIT PRINCE: 

Tô tentando ler o livro em francês (It’s being difficult, but…). Tô gostando, mas li também algo on-line sobre o livro e quero uma tatuagem sobre ele. Tem uma frase que mais gostei e busquei como é na versão original em francês: 

On ne voit bien qu’avec le cœur. L’essentiel est invisible pour les yeux. (Vê-se claramente somente com o coração. O essencial é invisível aos olhos)

Também gostei de uns desenhos do livro. Defino como liberdade:

image

(Eu mudaria a cor da roupa e os pássaros pra azul e a capa e os sapatos pra vermelho. E tatuaria nas costas). Ficaria mais ou menos como na imagem seguinte, frase e desenho. Sim, um pouco grande, mas coragem eu tenho. O problema maior será o dinheiro =P Não quero gastar muito com isso e por isso vou fazer orçamentos a partir de segunda-feira.

                                     image

.MAFALDA: 

Acho a Mafalda (Quino pfvr) super demais. As sacadas de cada tirinha são as melhores. Então, se vou fazer uma tatuagem que seja por algum significado, algo que eu possa entender e justificar pra mim mesmo porque quis aquilo. E simplesmente acho a Mafalda um símbolo da genialidade dos pequenos. Tem aquela pitada de veneno que eu adoro (serei julgado por alguns agora) e ao mesmo tempo aquela inocência do pensamento dos pequenininhos (que eu não tenho hahaha).

                    image

(Eu faria em preto e branco - onde está vermelho seria branco). Faria no pulso direito, em tamanho pequeno se adequando ao pulso <3)

.CALVIN E HAROLDO: 

Acho que a maioria de nós de nós envelhece sem crescer, e que dentro de cada um de nós há um garoto mimado que quer tudo do seu jeito. Né verdade? Calvin é isso e mais: demonstra um amor incondicional por seu urso de pelúcia Harold, este com o qual ele filosofa sobre a vida. Dê uma olhada:

image

image

Gostaria de tatuar essa amizade entre eles. Todo mundo precisa de alguém/algo na vida. Família, um objeto, uma pelúcia, um deus, um amigo.

                                             image

(Seria no pulso esquerdo, colorida (sem o azul da base), pequena, também se adequando ao tamanho do pulso etc).

Se eu continuar a pensar assim e se o dinheiro me for suficiente eu volto pro Brasil todo tatuado HAHAHA só que não né? Mas o incentivo foi só o CNPq ter me pago. 

Essas são minhas ideias e tal. Pra mim esses símbolos e tantos outros podem representar algo. Não vejo porque tatuar uma tribal, um santo, uma flor ou o que quer que seja se pra mim não significar nada, no mínimo. Há gosto pra tudo. Esse é o meu. Mas a preferida é a do pequeno príncipe.

Então, segunda vou buscar algumas lojas de tatuagens e fazer orçamentos =) Que dê certo porque eu tô ansioso =P Wish me luck. Podem me sugerir outras. Comentários etc são bem vindos. See you, guys!